Início Diversos Projetos Competições Dúvidas? Fotos Artigos Fórum Parceiros



Procura rápida

Novidades em seu email
Receba mensagem com as novidades.





Glossário Som Automotivo

Foram encontradas 55 palavras. Começando com D
Página 1 de 2
« 1 2 »

  • DAC
    Conversor digital para análogo. Proporciona menor ruído e menor distorção sonora.

  • Damping Amortercimento
    Processo de controle para a redução dos efeitos de ressonância de forma a evitar distorções e coloração do som. Geralmente é realizada com o uso de elementos resistivos ou seus equivalentes mecânicos e acústicos.

  • Damping Factor Fator de Amortecimento
    Relação entre a impedância do alto-falante e a impedância interna do amplificador. Mede a capacidade do amplificador em amortecer movimentos inerciais e desnecessários do alto-falante.

  • DAT Digital Audio Tape
    Tipo de padrão para gravação de áudio que utiliza um cassete especial para gravação digital com qualidade igual ou superior ao CD, empregando 16 bits em 48 kHz.

  • dB Decibel
    O decibel é uma notação destinada a medir níveis de potência de forma relativa. Para medir potências elétricas ou acústicas associadas com a transmissão de sinais de áudio técnicas e instrumentos especiais são utilizados. Como o espectro de freqüências de de áudio é relativamente largo e complexo, existe sempre uma perda de potência associada a essa transmissão. Para medir essa perda, os engenheiros de telefonia criaram, no começo do século, uma unidade de medida que correspondia à perda logarítmica em um cabo telefônico padrão, de uma milha de comprimento. Essa medida foi chamada de bel, em homenagem a Graham Bell, o inventor do telefone. O decibel corresponde a um décimo de bel, e sua fórmula para potências é a seguinte: dB=10 Log_10 (P1/P2), onde, "Log_10" significa "log na base 10" Para relação entre tensões a fórmula escreve-se: dB=20 Log_10 (V1/V2) O decibel não é um valor numérico absoluto, mas expressa o quociente entre duas potências, correntes ou diferenças de potencial presentes em diferentes pontos de um circuito. Como exemplo dessa característica, notamos que para "dobrar" o volume em um equipamento de áudio necessitamos de decuplicar (multiplicar por dez) a potência.

  • D-Bass
    A função D-Bass oferece reprodução de baixos potente e dinâmica por meio de três estágios de amplificação das baixas freqüências.

  • D-Bass Digital
    Mais "inteligente" porque se relaciona automaticamente com o volume do aparelho, reforçando os sons graves sem distorção. Desenvolvido pela Sony.

  • dBm
    Nível de referência utilizado em áudio correspondendo a 1 miliwatt sobre 600 Ohms, ou 0,775 Volts sobre 600 Ohms.

  • dBV
    Nível de referência utilizado para expressar nível de tensão onde 1 dBV equivale a 1 Volt.

  • Dbx - dBx
    Um sistema de redução de ruído que opera nos princípios de compressão-expansão de todo o espectro sonoro. Neste sistema um verdadeiro detetor de nível RMS controla o ganho de um amplificador durante a gravação gerando uma compressão que pode variar entre 1 : 1 para 3 : 1 através de um controle esterno. Na reprodução acontece o processo inverso de expansão, que recupera a faixa dinâmica na mesma proporção. Sistema de redução de ruídos utilizado em gravações analógicas no qual a totalidade da gama de freqüências é linearmente comprimida durante a gravação e expandida na reprodução. O sistema dBx utiliza maiores valores de compressão e expansão que o sistema Dolby de redução de ruídos.

  • Decibéis
    É uma unidade logarítima usada para medir a intensidade do som.

  • Decibel
    O decibel é uma notação destinada a medir níveis de potência de forma relativa. Para medir potências elétricas ou acústicas associadas com a transmissão de sinais de áudio técnicas e instrumentos especiais são utilizados. Como o espectro de freqüências de áudio é relativamente largo e complexo, existe sempre uma perda de potência associada a essa transmissão. Para medir essa perda, os engenheiros de telefonia criaram, no começo do século, uma unidade de medida que correspondia à perda logarítmica em um cabo telefônico padrão, de uma milha de comprimento. Essa medida foi chamada de bel, em homenagem a Graham Bell, o inventor do telefone. O decibel corresponde a um décimo de bel, e sua fórmula para potências é a seguinte: dB=10 Log_10 (P1/P2), onde, "Log_10" significa "log na base 10" Para relação entre tensões a fórmula escreve-se: dB=20 Log_10 (V1/V2) O decibel não é um valor numérico absoluto, mas expressa o quociente entre duas potências, correntes ou diferenças de potencial presentes em diferentes pontos de um circuito. aqui aparece mais um tópico abaixo Como exemplo dessa característica, notamos que para "dobrar" o volume em um equipamento de áudio necessitamos de decuplicar (multiplicar por dez) a potência.

  • Decodificador Multiplex Multiplex Decoder
    Circuito eletrônico que decodifica um sinal previamente codificado. Podemos citar o caso dos sinais correspondente aos canais de um sistema tipo Dolby Surround Digital. Na gravação, os até cinco canais (esquerdo, direito, central e surround traseiro e mais subwoofer, são codificados em duas vias. Na reprodução, temos a decodificação, quando então obtemos os canais completos. Podemos também citar os estágios decodificadores multiplex usados nos sintonizadores de FM-estéreo, a fim de se obter dois canais de áudio que foram transmitidos por uma única portadora.

  • Delay Retardo
    Tempo de atraso de um sinal, em reverberação, eco, ou em equipamentos eletrônicos em geral. Mesmo que retardo.

  • Delta Modulation Modulação Delta
    Tipo de digitalização em áudio que consiste na geração de pulsos de amplitude proporcional à inclinação do sinal no instante de cada amostragem.

  • Demodulação Demodulation
    Processo que consiste em extrair de uma onda de radiofreqüência modulada (em amplitude ou em freqüência) o sinal de áudio utilizado na modulação e que é o que contém o programa que queremos ouvir.

  • DHT Distorção Harmônica Total THD Total Harmonic Distortiion
    Abreviação de Distorção Harmônlca Total. É a distorção harmônica final do sinal aplicado à entrada de um equipamento, medida em sua saída após o sinal ter passado pelos diversos estágios deste equipamento. Deformação causada pela produção de freqüências espúrias, que são múltiplos matemáticos da freqüência fundamental do sinal.

  • Diafragma
    É a parte sobre a qual incidem as ondas sonoras. É ligado a uma bobina móvel. No alto-falante é o cone.

  • Diâmetro nominal
    Indica o tamanho do cone do alto-falante. Como não existe um padrão nas medidas, um alto-falante de 8 polegadas, por exemplo, pode ter diferentes diâmetros de cone (e diâmetros externos de carcaça), conforme o fabricante.

  • Difusor
    Em acústica de auditório e estúdios de gravação, refere-se aos painéis distribuídos em posições diferentes próximo à fonte sonora, que acrescentam uma reverberação e certa "vivência" ao som de um ambiente amplo.

  • DIN Jack Jaque Din
    Tipo de jaque padrão na maioria dos aparelhos europeus que engloba em uma só peça duas entradas, duas saídas e um terminal de terra.

  • Dióxido de Cromo (CrO2)
    Substância magnética utilizada para a produção de fitas com maior capacidade de resposta a altas freqüências.

  • Diretividade
    Normalmente utilizada para alto-falantes reprodutores de médios e agudos, indica o ângulo de cobertura do alto-falante de forma que este possa ser direcionado de uma maneira satisfatória em cada aplicação.

  • Distorção
    Algum tipo de alteração indesejada no som. Pode ser causada por um equipamento que não reproduz fielmente o som ou por obstáculos no ambiente onde se reproduz o som.

  • Distorção Harmônica
    Deformação causada pela produção de freqüências distorcidas, que são múltiplos matemáticos da freqüência fundamental do sinal.

  • Distorção Harmônica Harmonic Distortion
    Deformação causada pela produção de freqüências espúrias, que são múltiplos matemáticos da freqüência fundamental do sinal.

  • Distorção Harmônica Total (DHT)
    É a distorção harmônica final do sinal aplicado à entrada de um equipamento, medida em sua saída após o sinal ter passado pelos diversos estágios deste equipamento.

  • Distorção máxima
    Todo sistema de áudio que contém amplificadores, alto-falantes, filtros etc. apresenta distorções independentemente de sua marca ou modelo. Quando o som não é reproduzido exatamente como sua fonte original, dizemos que existem distorções no som. Existem várias formas de distorções e algumas delas são mais significativas que outras. Normalmente, deseja-se o menor nível de distorção possível, porém em alguns casos ela é até desejável como no caso do som das guitarras elétricas.

  • Distorção por lntermodulação lM - Intermodulation Distortion
    Quando dois (ou mais) tons fundamentais são aplicados simultaneamente a um elemento não linear, a forma de onda do sinal de saída conterá não somente freqüências harmônicas dos dois tons, como também outras freqüências espúrias, que correspondem à soma, à diferença e outras combinações matemáticas dos tons aplicados, causando dissonância.

  • Divisor de freqüência
    A função dos divisores de freqüência é separar o sinal elétrico em várias faixas de freqüência, de forma a entregar ao alto-falante apenas a faixa de freqüência de interesse.

« 1 2 »

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V X Y Z todos


(Glossario AutoSom.net)
Digite a(s) palavra(s) para procurar
Procura avançada


- |  <  | Página Principal | Diversos | Projetos | Campeonatos | Dúvidas? | Artigos | Fotos | Publicidade |  X  |  ^  | -
AutoSom.net - Todos os Direitos Reservados © 1997/2014 | São Paulo - Brasil | Contato | http://autosom.net