Início Diversos Projetos Competições Dúvidas? Fotos Artigos Fórum Parceiros



Procura rápida

Novidades em seu email
Receba mensagem com as novidades.





Glossário Som Automotivo

Foram encontradas 493 palavras.
Página 9 de 17
« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 »

  • Filtro passa-alta
    Tipo de filtro que atenua todas as freqüências abaixo de sua freqüência de corte, normalmente em 16Hz ou 18Hz.

  • Filtro passa-baixa
    Tipo de filtro que atenua todas as freqüências acima de sua freqüência de corte.

  • Filtro passa-banda
    Tipo de filtro que possui duas freqüências de corte, onde freqüências acima e abaixo destas são atenuadas. Certos equalizadores utilizam filtros passa-banda de ganho variável para controlar o reforço ou a atenuação em cada banda.

  • Filtro passa-faixa
    Circuito que só permite a passagem de sinais de freqüências compreendidas entre os dois valores estabelecidos.

  • Filtro Passa-faixa Bandpass Filter
    Circuito que só permite a passagem de sinais de freqüências compreendidas entre dois valores estabelecidos.

  • Fio
    Condutor elétrico, geralmente de cobre, isolado por uma capa plástica, emborrachada ou de silicone; usado para ligar alto-falantes, força, entre outros.

  • Fio remoto
    Fio que sai do CD player/toca-fitas e pode ser ligado a amplificadores, antenas e outros equipamentos que devem ser conectados com o CD player/toca-fitas.

  • Fluido Anti-estático Antistatlc Fluid
    Líquido utilizado na conservação dos discos fonográficos que tem por finalidade evitar que os mesmos se carreguem com eletricidade estática, já que esta tem a propriedade de atrair partículas de poeira em suspensão no ar.

  • Fluxo (magnético)
    A força magnética existente nas proximidades de um polo magnético, representada por linhas de força. O nível do fluxo magnético de uma fita gravada é expresso em termos de linhas de força por largura de pista em unidades de nano Webers por metro (n Wb/m). Nível típico de referência para fluxo é 185 n Wb/m com menos de 1% de distorção. Nos sistemas europeus, a referência DIN é de 320m n Wb/m, e esta é utilizada para calibrar equipamentos que utilizam medidas de pico.

  • Fonte de alimentação
    Encontrada em todos os aparelhos que utilizam circuitos ativos, sua função é fornecer corrente contínua ao circuito para que este possa desempenhar sua função de amplificação, equalização, sintonia etc. Em amplificadores de potência, a fonte de alimentação tem papel decisivo no desempenho final e também no custo do aparelho.

  • Fonte de sinal
    Gerador de programas musicais (rádio, toca-fitas ou CD player)

  • Free air
    Característica de subwoofers indicados para instalação atrás do banco traseiro ou no tampão do porta-malas.

  • Frente destacável
    Para sua maior segurança e conforto, o painel frontal é destacável, de modo que você possa levá-lo consigo quando deixar o automóvel.

  • Freqüência de Amostragem
    Em áudio digital, amostragem corresponde à uma medida da amplitude do sinal tomada em intervalos fixos de tempo. A freqüência de amostragem para o CD é de 44,1 kHz, significando que o sinal é medido 44.100 vezes a cada segundo.

  • Freqüência de Corte Cut Off Frequency
    Freqüência a partir da qual um dispositivo deixa de atuar, ou passa a sofrer uma redução em seu rendimento. Também é a freqüência na qual um filtro passa a atuar, eliminando as freqüências acima ou abaixo desta.

  • Freqüência de ressonância
    É a freqüência onde o cone (ou membrana) do alto-falante atinge sua máxima excursão. Em termos práticos é aproximadamente a menor freqüência que o alto-falante pode reproduzir em um "bafle". Um "bafle" é um painel de madeira onde o alto-falante é montado. Um alto-falante montado em uma caixa normalmente tem sua freqüência de ressonância alterada.

  • Freqüência de Transição Crossover Frequency
    É a frequência-limite entre uma faixa de freqüências e a seguinte (transição graves-médios, médios-agudos). Em um sonofletor de dois canais (normalmente dois alto-falantes) é a freqüência escolhida na qual um dos falantes começa a não apresentar linearidade, enquanto que o outro entra no trecho linear de sua curva de resposta.

  • Freqüência de Transição Turnover Frequency
    É o início da atuação da curva da resposta de freqüência de um controle de tonalidade ou filtro. Conceituada como a freqüência na qual o controle inicia sua atuação, o ponto de transição é aquele no qual a resposta já está alterada em 3 dB em relação à resposta plana. Alguns controles de tonalidade e filtros oferecem uma escolha de freqüência de transição por meio de chaves seletoras.

  • Freqüência Hz
    Freqüência é a característica física do som medida em ciclos por segundo (hertz). Freqüências baixas estão relacionadas com sons graves; as médias, com os sons médios; e as altas, com os sons mais agudos.

  • Frequency Response/Resposta de Freqüência
    Faixa de freqüência que um equipamento pode reproduzir dentro de um certo parâmetro limite. Por exemplo, um bom sistema de som deve responder de 20Hz a 20.000Hz, com uma variação de até aproximadamente 0,5dB. Resposta de Freqüência:- uma medida de quais frequências podem ser reproduzidas por um equipamento ou sistema de som. É o parâmetro que define a habilidade de um circuito ou componente a reproduzir todas as freqüências a ele entregues sem alterar seu balanço relativo. Para áudio, uma resposta perfeita será de 20 Hz a 20 k HZ com variações de 0 dB.

  • Full range
    Alto falante projetado para reproduzir quase toda a faixa de freqüência audível. Não consegue reproduzir freqüências muito baixas nem muito altas.

  • Full-range
    Alto-falante projetado para operar em toda a faixa de freqüência de áudio, ou seja, um bom alto-falante full-range substitui um woofer, midrange e tweeter. O problema consiste em se conseguir um alto-falante full-range que reproduza bem toda a faixa de freqüência audível. Normalmente esses alto-falantes possuem um difusor que permite extensão na reprodução de agudos.

  • Função de programação
    Esta função permite determinar as músicas a serem reproduzidas por meio do controlador de CD/MD changer.

  • Fusível
    Dispositivo de proteção que interrompe a alimentação de um circuito quando a corrente de passagem ultrapassa limites preestabelecidos.

  • Fusível de ação rápida
    Fusível cujo tempo de interrupção do fornecimento de energia ao aparelho protegido é mais rápido do que nos tipos convencionais.

  • Fusível de Ação Rápida Quick Acting Fuse
    Fusível cujo tempo de interrupção do fornecimento de energia ao aparelho protegido é mais rápido do que nos tipos convencionais.

  • Fusível de falantes
    Fusível intercalado entre o estágio de saída e o alto-falante em um amplificador de áudio, com a finalidade de protegê-lo contra curtos-circuitos e, eventualmente, sobrecargas na saída.

  • Gap Entreferro
    Lugar em um reator, bobina, ou indutor de núcleo ferromagnético onde é produzido um forte campo magnético e o núcleo é interrompido propositalmente para obter-se um efeito de acoplamento. No caso de um gravador, uma ranhura vertical na cabeça magnetofônica. Durante a gravação, produz-se no entreferro um campo magnético; durante a reprodução, é induzido pela fita um sinal magnético. Em um alto-falante, no entreferro produz-se o campo que vai provocar o movimento da bobina.

  • GND Ground Terminal de Terra
    Borne, geralmente situado no painel traseiro dos equipamentos de áudio, para sua ligação à terra, a fim de evitar zumbidos e realimentações, assim como prevenir o risco de choques elétricos.

  • Graves
    Nome que se dá aos sons compreendidos entre 20Hz e 250Hz.

« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 »

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V X Y Z todos


(Glossario AutoSom.net)
Digite a(s) palavra(s) para procurar
Procura avançada


- |  <  | Página Principal | Diversos | Projetos | Campeonatos | Dúvidas? | Artigos | Fotos | Publicidade |  X  |  ^  | -
AutoSom.net - Todos os Direitos Reservados © 1997/2014 | São Paulo - Brasil | Contato | http://autosom.net